Mestrando do campus Curitiba da UTFPR lança livro de autoficção falando sobre a vida de Jornalista

Jamais será um Dhimas Draumann é o nome do livro recentemente lançado por Emildo Pereira Coutinho, mestrando no Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens (PPGEL). Segundo o autor, este é um livro de autoficção, retratando sua vida como jornalista através do personagem José Renato Ribeiro.

Ao comentar mais sobre o tema, Coutinho detalha:

“É um livro sobre minha experiência no jornalismo em vinte e seis anos e meio de formado, atuando no Brasil, especificamente em Curitiba, Paraná, e também nos Estados Unidos, em Washington, D.C., na capital. Também é abordado no livro sobre minha formação acadêmica na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e minha infância, adolescência na questão da escrita.”

Quanto a origem da ideia do livro, o entrevistado comenta que ela surgiu a partir de uma coluna que ele escrevia em um jornal o qual ele editava, comentando sobre uma angústia que lhe afligia ao longo dos anos no meio jornalístico. Segundo o jornalista, era um sentimento de que se sentia ingênuo no início de sua carreira, o que o levou a perder algumas de suas matérias para jornais que publicaram sem nome.

Emildo Pereira Coutinho e seu Livro Jamais serás um Dhimas Draumann

Coutinho, ao final da entrevista, comenta sobre a relação de seu livro com sua pesquisa de mestrado no PPGEL. Ao perceber que o livro poderia ser inserido em sua pesquisa, resolveu aliar essa oportunidade, em que analisa o jornalismo e a perda da ilusão; ele irá analisar oito obras da literatura, incluindo a que escreveu.

O livro foi lançado através do Clube dos Autores, é possível adquiri-lo por meio deste link.

Reportagem de Alexandre Azevedo Perich (ASCOM – CT).

ALEXANDRE AZEVEDO PERICH

ALEXANDRE AZEVEDO PERICH

Aluno do curso Bacharelado em Comunicação Organizacional na UTFPR. Assessor de comunicação do campus Curitiba da UTFPR e Fotógrafo desde 2013.