DEAAU faz ação emergencial para doar itens de higiene a catadores de materiais recicláveis

O Projeto de Extensão, “Atentar-se à exclusão para contribuir com a inclusão”, coordenado por Stella Maris Bezerra, professora do Departamento Acadêmico de Arquitetura e Urbanismo (DEAAU) do campus Curitiba da UTFPR, acontece desde 2015 com o intuito de, segundo o plano do próprio projeto, “oportunizar aos estudantes possibilidades práticas de desenvolvimento de autonomia e amadurecimento profissional (e pessoal), ao serem responsáveis por atividades envolvendo busca e proposta de soluções de problemas técnicos, sociais, culturais, ambientais, econômicos e políticos.”
Com a pandemia do COVID-19, Élida Marques Dreer, estudante de Arquitetura e Urbanismo e uma das integrantes do projeto, pediu que realizassem uma ação emergencial, visto que os catadores de materiais recicláveis, para quem o projeto já havia feito parcerias antes, não estão podendo trabalhar.
A coleta das arrecadações foi organizada por Carmem Japiassu, servidora aposentada do Estado do Paraná, que começou publicando em seu Facebook, pedidos de doações em dinheiro em uma conta do Centro de Formação Urbano Rural Irmã Araújo (Cefuria). Depois, Antonia Vandecia de Assis, assistente social do Cefuria, fez a compra dos itens a serem doados.
“Fizemos contato com as assistentes sociais do Cefuria e a campanha começou no dia 28 de março; tivemos a primeira entrega na semana seguinte dos kits de higiene e limpeza, além de caixas de leite para famílias com crianças”, relata Stella Maris. Ela continua: “os estudantes envolvidos estão colaborando em toda ação de organização de dados dos catadores, bem como na definição e levantamento de preço dos produtos sendo doados.”

Fotos: Antonia Vandecia de Assis

Nesta primeira etapa da ação, foram atendidas 28 famílias de catadores de materiais recicláveis, de duas associações de Almirante Tamandaré: a Associação Ilha e a Associação Reciclar e Limpar.
Anteriormente, em janeiro deste ano, o Projeto de Extensão, em parceria com a Incubadora de Economia Solidária do campus Curitiba, Tecsol, reformou a cobertura do barracão da Associação Ilha, utilizando o Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS).
Diante de todas as ações em que este projeto vem desenvolvendo, Stella Maris reforça a importância dos projetos de extensão: “extensão universitária não é caridade, nem assistencialismo; extensão é oportunidade de desenvolvimento profissional e pessoal, a partir de parceria com a comunidade externa, onde todos os envolvidos devem ser contemplados de forma justa.”
Estão/estiveram presentes nas ações do “Atentar-se à exclusão para contribuir com a inclusão”, além dos já citados: Carolina Fernandes Mandaji, professora do Departamento Acadêmico de Linguagem e Comunicação (DALIC), Taise Okubara e Aline Raquel Beuther, graduadas em Engenharia Civil, Guilherme Souza e Ana Letícia Monteiro, estudantes de Comunicação Organizacional, Adrineia Tecchio Gonçalves e Thays Alves Lopes, estudantes de Arquitetura e Urbanismo, Fabiana Martins Budel, Isabela Clara Richter, Monise Campana Fuchs e Yslena Fazolim Mariano, graduados no antigo curso técnico em Segurança do Trabalho, Vinicius Burger Bittencourt e Bruno Borges Ginane Bezerra, da comunidade externa.

Para saber informações, envie um e-mail para: ilha.reciclar@gmail.com.

Dados da conta para doar diretamente ao Cefuria:
Banco do Brasil
Agência: 1622-5
Conta: 8874-9
CNPJ: 76.660.844/0001-20

Scheilla Godioso

Scheilla Godioso

Estudante do curso de Bacharelado em Comunicação Organizacional da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e estagiária da Assessoria de Comunicação e Marketing (ASCOM) do campus Curitiba da UTFPR.