Alunos da UTFPR competem na fase final do maior evento de comunicação do país

Pilar Browne e Gabriel Dornelles estão classificados para a etapa nacional do Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom) após vencerem a regional sul

Matéria produzida por Beatriz Hamilko, estudante de Comunicação Organizacional – COMORG – UTFPR.

Os estudantes Pilar Browne e Gabriel Dornelles, do curso de Comunicação Organizacional na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), vão competir por um prêmio nacional no Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom). O evento acontece entre os dias 1 e 10 de dezembro, por meio de uma plataforma virtual.

A classificação foi conquistada após os estudantes vencerem a regional sul na Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom), realizada remotamente em outubro deste ano. A graduanda Pilar alcançou o primeiro lugar na categoria Produto de Comunicação Audiovisual Institucional, enquanto o grupo de Gabriel garantiu vitória em Produto de Comunicação Institucional Impresso.

A equipe de Gabriel tornou-se finalista nacional com o trabalho “Manual do Influenciador Literário”. O projeto surgiu a partir de uma problemática encontrada após o grupo realizar pesquisas sobre o hábito de leitura na infância. “Os pais das crianças sabem que a leitura é importante, mas não sabem como incentivar seus filhos”, explica Gabriel.

O manual criado pelos alunos foi elaborado com dicas práticas de como incentivar a leitura nas diversas fases da infância e ilustrado com fotos, produzidas pela própria equipe, fazendo referência a personagens famosos de histórias infantis. Gabriel conta que o material foi elaborado com estrutura simples e divertida, para agradar tanto aos pais quanto aos filhos.

Depois de conquistar o título regional sul com a ideia, Gabriel expressa o orgulho partilhado por todo o grupo. “É uma satisfação imensa ter o trabalho reconhecido como o melhor da sua modalidade, porque aí você tem certeza de que está no caminho certo”.

Já a estudante Pilar levou o prêmio com seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), chamado “Narrativas sensoriais: comunicação audiovisual para o Lucca Cafés Especiais”. A aluna desenvolveu dois vídeos institucionais para uma loja de café de Curitiba, buscando estimular os sentidos dos clientes com técnicas de imagem e som experimentais.

A criatividade do material foi muito bem recebida, e Pilar fala com entusiasmo sobre sua vitória. “Foi uma sensação incrível ganhar, saber que meu vídeo institucional é o melhor do sul do país”.

Tudo isso foi alcançado em condições inéditas, já que o evento foi realizado de forma digital devido à pandemia do Covid-19. Pilar comenta que pode perceber prós e contras em sua experiência. “Ao vivo, eu fico muito nervosa, mas gosto da espontaneidade que você pode ter. Já no vídeo, você pode editar só o que quer que vejam. Você não gagueja, não enrola e não tem nervosismo, então é mais fácil nesse sentido”, conta.

A etapa final do Expocom também será realizada no formato online, e os alunos vão participar por meio de plataforma de encontros digitais. O evento tem início dia 1 de dezembro e termina no dia 10 do mesmo mês.