TUT – DADIN promovem Atelier de desenho de modelo vivo no campus Curitiba da UTFPR

Na última segunda-feira (26), aconteceu o primeiro encontro do projeto de extensão “Ateliê de desenho de modelo vivo”, a aula aconteceu no Laboratório de Poéticas do Corpo (LAPOC) das 14 às 17 h. Os participantes aprendem a desenhar a partir de modelos vivos com um tema distinto explorando em especial a linguagem do desenho rápido de croquis.

O encontro foi ministrado pelos quatro professores organizadores do evento: Ismael Scheffler, Anna Vorós, José Marconi e Simone Landal, todos do Departamento Acadêmico de Desenho Industrial (DADIN); Scheffler coordena o TUT, projeto institucional do campus Curitiba, que faz parte da coordenação do Atelier.

Segundo Ismael Scheffler, o atelier de desenho de modelo vivo trata-se de “um projeto de extensão realizado por professores do DADIN em parceria com o grupo de teatro TUT; o projeto acontece no Laboratório de Poéticas do Corpo (LAPOC), que tem desenvolvido projetos de extensão e pesquisa na área de teatro, dança e artes visuais. O atelier é encabeçado por quatro professores que conectam elementos de História da Arte com elementos de cena, e de movimentos com elementos da representação do corpo”, conclui.

No início da primeira aula, Simone Landal explicou a metodologia dos encontros, “Se chega ao corpo no momento final, mas o caminho passa por algumas partes. Então, nosso primeiro encontro será sobre mãos, o segundo encontro sobre pés, o terceiro sobre o rosto, para então chegar no corpo. É um caminho possível nessas reflexões; o corpo humano é um dos primeiros temas da História da Arte”, explicando que, anteriormente ao desenho de seres humanos, foram encontrados os desenhos de animais.

José Marconi Bezerra de Souza, professor do DADIN, explicou o conceito e o trabalho realizado com o croquis – palavra de origem francesa que remete à ideia de rascunho; além disso trouxe alguns modelos de croquis de sua autoria; para ele “Você passa a vida estudando. É a morte que diz: a aula acabou”.

Os professores mediadores darão orientações básicas iniciais interagindo com os participantes. Cada participante deverá trazer seu material de preferência (papel, lápis, marcador e outros) e suporte (prancheta, cavalete, bloco de papel). Não é necessário ter participado do projeto no primeiro semestre.

Programação das aulas

26/08 – Mãos

23/09 – Pés 

04/11 – Rosto 

02/12 – Corpo 

*Em alguns encontros, será abordado um tema introdutório como o croquis como linguagem ou desenho anatômico e modelos vivos em diferentes momentos da História da Arte.

Estão abertas as inscrições para o projeto GRATUITO de extensão Ateliê de desenho de modelo vivo, no site https://even3.com.br/ tut2019

Reportagem: Bárbara Nunes ASCOM-ct