Recital Pianotec leva música ao Museu Paranaense neste sábado

O Museu Paranaense será palco no próximo sábado, dia 6 de julho, às 17h, para o Recital de Piano do Grupo PianoTec – Técnica e Interpretação Pianística, projeto de extensão em Música do campus Curitiba da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Durante a sessão musical, os pianistas executam obras relevantes da literatura pianística, que vão do período barroco até o século XX. A entrada é gratuita.

No programa, peças de compositores brasileiros como Ernesto Nazareth, Arnaldo Rebello, Edino Krieger e Chiquinha Gonzaga; além de obras de Bach, Diabelli, Beethoven e Chopin. O PianoTec é formado pelos pianistas Ana Flávia Domingues, Ana Lucia Margotti, Aroldo Komori, Erick Valenga, Giovana Lucas, Giovana Scheffer, Giuliano P. Aurichio, Ivan Gama, Julia Arce, Kezia Soares, Marcela Lima, Marco Busetti, Noan Brostt, Pedro Bertoluci, Robson Onofre e Vitória Favero, com orientação de Brenno Lima.

O criador e coordenador do PianoTec, Brenno Lima, explica que o projeto foi concebido para funcionar como um laboratório, em que é possível discutir, experimentar e refletir sobre o fazer musical no piano. “O recital que será apresentado no Museu Paranaense é fruto de um trabalho em conjunto, onde todos participaram. É resultado de um trabalho em equipe.”
Os pianistas do projeto se reúnem, semanalmente, no Laboratório de Piano e Experiência Musical (LAPEM) da UTFPR campus Curitiba, onde trabalham repertório, técnica e questões relativas à performance pianística. Os encontros ocorrem em formato masterclass, ou seja, todos tocam, todos ouvem, e todos podem conversar e dar sugestões a respeito do repertório e da performance.

O PianoTec resulta de uma longa tradição da instituição em oferecer aos seus alunos e integrantes da comunidade curitibana projetos de extensão na área de Música. Essas atividades são gratuitas e prezam pela qualidade artística e educacional, cumprindo um dos papéis que as universidades públicas brasileiras têm: levar arte e cultura à toda a comunidade.