Campus Curitiba sedia espetáculo com crianças do Projeto Dorcas

Na última terça-feira (08), o campus Curitiba da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) recebeu, pelo quinto ano consecutivo, o espetáculo “Mosaico”, do Projeto Música no Bairro, um dos eixos do Projeto Dorcas. O evento, que ocupou o grande auditório do campus, sede Centro, foi realizado em parceria com o Projeto de Extensão de Desenvolvimento da Cenografia, coordenado pelo professor Ismael Scheffler.

Neste ano, a apresentação das crianças e adolescentes que vivem na comunidade Bonfim – uma das áreas mais carentes do município de Almirante Tamandaré – contou com a participação do Grupo de Metais, Coro Pipa Amarela e Ensemble Simul, reunindo mais de 40 músicos. O espetáculo buscou mostrar a diversidade cultural da música brasileira, apresentando canções como Asa Branca, Balaio e Sítio do Pica-Pau Amarelo.

A atividade proporciona contato das crianças e adolescentes participantes do Projeto Dorcas com o meio universitário, além de também contribuir para despertar o olhar de alunos e servidores da UTFPR para diferentes realidades sociais e culturais.

Projeto social e arte

O Projeto Dorcas atua no resgate social de crianças que moram na comunidade Bonfim, um dos locais de maior incidência de pobreza e que apresenta condições precárias de moradia, saneamento básico, educação e saúde. O projeto permite que crianças e adolescentes da comunidade tenham contato gratuito com atividades pedagógicas, artísticas, culturais e esportivas, além de oferecer alimentação e promover a alfabetização e reforço escolar de português e matemática.

Dentre as várias ações do Projeto Dorcas, acontece desde 2010 o Música no Bairro, que oferece aulas de instrumentos de sopro (metais e flauta doce) e de canto coral, contribuindo para a inserção social, o desenvolvimento de habilidades e conhecimentos musicais, com intuito de transformar efetivamente a realidade da comunidade onde atua.

A coordenadora e diretora artística do Projeto Música no Bairro, Renate Weiland, ressalta que, nesses anos de trabalho, pôde perceber como a música tem impacto positivo no desenvolvimento dos alunos ao promover o convívio social, incentivar os estudos e a disciplina, a partir do controle dos instrumentos.

Priscila Oliveira e Márcia Oliveira, mães de crianças que participam do Projeto Dorcas, relatam que as atividades realizadas pelo projeto na comunidade mudaram a vida dos seus filhos, proporcionando a eles experiências e contato com atividades que, pelas condições sociais do local onde moram, seriam de difícil acesso.

Além disso, ações como essa abrem oportunidades para os participantes, como relata a professora de coral Rúbia Lohmann, ao contar a história de um menino que, pela experiência com a música no Projeto Dorcas, conseguiu uma bolsa para ir estudar na Alemanha.

Reportagem de Anne Louise Risso – Estudante de Comunicação Organizacional

Alexandre Azevedo Perich

Aluno do curso Bacharelado em Comunicação Organizacional na UTFPR. Estagiário de comunicação e marketing do campus Curitiba da UTFPR e Fotógrafo desde 2013.